Destinos

5 dicas para fazer a sua viagem à Índia

Share this post

A Índia é um país onde prevalecem inúmeros contrastes de ambientes, cores e sensações a que ninguém fica indiferente.

Entre a imponência e beleza dos monumentos, a diversidade geográfica e cultural, a intensidade dos cheiros e sons nas ruas, os cenários das vidas quotidianas e a enorme amabilidade das suas gentes, enquanto turista é importante saber como se integrar neste mundo, a terra do Gandhi e do Bollywood.

Para quem vai visitar a Índia, em especial pela primeira vez, seja de forma organizada ou independente, convém ter consciência da importância que é saber respeitar as suas tradições, além dos cuidados a ter.

1. A MELHOR ALTURA PARA VIAJAR

Dependendo da época do ano e da zona para onde vai, o clima na Índia pode variar bastante. No entanto, por forma a evitar o período das monções e a intensidade do calor e humidade do verão, sugerimos que viaje nos meses de outubro a abril que correspondem ao inverno, a época alta na Índia.

2. REALIDADE VS. EXPECTATIVA

Por ser um país de contrastes, a Índia pode ser um destino que suscita várias opiniões. Com milénios de história e apesar da beleza anunciada mundo afora, prepare-se para um eventual choque cultural.

Por um lado, existe muita pobreza, cheiros predominantes, uma imensidão de gente e trânsito, além das vacas que que circulam vagarosamente pelas ruas; por outro lado há as cores vibrantes das flores que adornam as ruas, a abundância de fruta, a generosidade e os sorrisos das pessoas.

Por tudo isto, convém preparar-se mentalmente para gerir as expectativas e pesquisar um pouco sobre a zona que irá visitar.

3. TRADIÇÕES E COSTUMES

Ao conhecer um pouco da cultura e dos costumes indianos, torna-se mais fácil entender a realidade que o espera.

Negociar é a palavra de ordem na Índia: seja qual for o serviço, negoceie sempre antes de o aceitar ou corre o risco de ser enganado e acabar por pagar um valor exagerado, só por ser turista. Isto aplica-se especialmente a táxis e tuk tuks apanhados na rua.

Gorjeta ou gratificação – “baksheesh” em indiano, é uma prática comum por todo o país e pode diferenciar a forma como será tratado. Convém, por isso, andar sempre preparado com algum dinheiro, até para usar quando for preciso ter trocos à mão para alguns serviços mais pequenos onde muitas vezes “escasseia” dinheiro trocado.

Cuidado ao falar com estranhos ou, por outras palavras, apesar de ser um país seguro recomendamos que fique sempre atento à abordagem nas ruas. Por natureza, os indianos procuram fazer negócio sob qualquer argumento para ganharem dinheiro. O melhor será ignorar quando lhe parecem insistentes demais.

4. UMA DAS MELHORES COMIDAS DO MUNDO

Muito provavelmente terá uma ideia do quanto a comida indiana é rica em especiarias, além de ser picante. Bem, na Índia é sempre tudo muito picante e muito provavelmente só conseguirá desfrutar da comida se pedir para não colocarem qualquer picante, mas prepare-se porque irá sempre ficar um pouco “quente”.

Porém, é imprescindível fazer uma viagem gastronómica à descoberta de novos pratos e iguarias locais, vai decerto comprovar que tudo é realmente saboroso. Em relação à água, uma das maiores preocupações dos turistas, convém de facto bebê-la engarrafada quando for consumida diretamente, por precaução.

5. TRANSPORTES NA ÍNDIA

Circular na Índia pode ser uma verdadeira aventura num cenário onde proliferam carros, pessoas, tuk tuks, bicicletas, táxis, vacas, carroças, autocarros e tudo o mais que surgir no trânsito.

Nas cidades, o mais usual é recorrer ao famoso tuk tuk (sempre bem regateado antes de iniciar qualquer viagem) ou o autocarro. Seja qual for o meio de transporte que escolher, será sempre uma forma de contactar com a cultura do país.

Pode ainda usar o comboio para viajar dentro do país, sendo que existe uma rede extensa e com preços acessíveis. Aliás, curiosamente, quanto maior a viagem, mais barato fica o bilhete. Para viajar em 1ª classe convém reservar com antecedência, ou terá de viajar em 2ª ou 3ª classe, que acabam por ter uma grande afluência de passageiros.

Uma dica: convém estar sempre atento para evitar ser roubado.

Se viajar com pouco tempo, pode recorrer aos voos domésticos, sendo que costumam apresentar bons preços. Recomendamos, no entanto, que use cartão de crédito e o mantenha sempre consigo para mostrar no check-in, dado que existem muitas burlas e por vezes querem confirmar a veracidade do mesmo.

Acima de tudo, prepare-se para uma viagem inesquecível e intensa à fabulosa Índia.

UM DIA VOU QUERER VISITAR A ÍNDIA

Artigos relacionados