Destinos / Férias na Praia / Viagens Baratas

8 dicas preciosas para visitar a Sardenha

Share this post

A oeste da península italiana, a Sardenha apresenta-se como a segunda maior ilha do mar Mediterrâneo, com mais de 1800 quilómetros de costa.

Entre baías, ilhotas e sol presente o ano inteiro, as praias revelam-se a maior atração desta ilha onde a expressão “dolce fare niente” se aplica na perfeição. É um local para fazer pouco e desfrutar muito.

Seja do mar, do sol, das paisagens, das aldeias históricas, da comida, dos bons vinhos, do descanso ou das atividades ao ar livre. É todo um cenário ideal para recuperar energias nas suas próximas férias. A dois, em família ou até como destino para celebrar a primavera com amigos.

Escolher a melhor altura para ir à Sardenha

Com um clima tipicamente do mediterrâneo, ou seja, com verões quentes e restantes estações amenas, a Sardenha oferece sol durante o ano inteiro. É claro que se notam mais turistas no mês de agosto, pelo que recomendamos ir no final de junho ou de setembro, em que há mais espaço nas praias. Quanto à temperatura da água, conte com uns fabulosos 27 graus no verão.

Aceitar que a palavra de ordem é relaxar

Talvez influenciadas pelo clima fantástico, as pessoas da ilha têm um estilo de vida bastante descontraído, como é suposto ou desejado sentir em férias.

A ideia é aproveitar este ambiente e desfrutar de tudo o que lhe permite fazer, como terminar o seu dia de praia num pôr-de-sol na companhia de uma bebida refrescante e sair de lá sem a preocupação de fazer refeições tardias, até porque os restaurantes estão preparados para tal. Aqui, os momentos são para saborear nas calmas.

Experimentar novos sabores

Porque a viagem só ficará completa com um roteiro gastronómico, partilhamos aqui algumas recomendações. Assim, à semelhança do nosso país, o pão é bastante apreciado e por isso vai encontrar uma enorme variedade de formatos e sabores.

Vai bem com os queijos de que a Sardenha é igualmente conhecida e até com o peixe fresco grelhado que é muito apreciado nesta zona, na companhia de um bom vinho. Sobre pratos típicos, tem a Lagosta à Catalã e nas sobremesas o delicioso Nougat, feito com frutos secos.

Férias também é sinónimo de diversão

Aproveitando as temperaturas da água do mar, é sempre divertido aderir aos desportos náuticos. Pode fazer mergulho, windsurf, kitesurf, canoagem ou caiaque, entre outras modalidades. Existem sempre várias alternativas, basta escolher a que mais gosta de fazer ou gostaria de experimentar.

Se for adepto das caminhadas e das paisagens verdejantes, sugerimos uma visita à parte oriental da Sardenha onde existe o Gennargentu National Park. Tem grandiosas montanhas e florestas para explorar, diversa fauna e flora selvagens para conhecer.

Descobrir uma praia “em cada dia”

São tantas as praias, que quase dá para conhecer uma em cada dia, obviamente dependendo do tempo que tem de viagem. As opções são inúmeras, há praias mais acessíveis que outras, umas grandes e outras pequenas, mas todas elas com água morna, areia branca e um mar cristalino que encadeia o nosso olhar.

Aproveite bem o seu tempo e esta oportunidade. Fique com algumas sugestões de praias de norte a sul: Spiaggia di Maria Pintau, Pittulongu, Porto Puddu, Rena Bianca, Liscia Ruja, Li Cossi, Piccolo Pevero, Capriccioli ou La Pelosa, entre outras.

Passear pela cidade de Alghero

Alghero fica perto de La Pelosa e embora as praias sejam o ex-libris da Sardenha, esta cidade situada na costa da província de Sassari merece um passeio pelo centro histórico, no mínimo. Respeitando o ritmo das gentes, a cidade emana tranquilidade e simpatia, além de alguns pontos de interesse no contexto cultural.

A Catedral de Santa Maria e a Igreja de São Francisco são dois bons exemplos. Se aprecia artesanato local, saiba que Sassari é famosa pela sua cerâmica, assim como pelas peças de ourivesaria ou decoração feitas com coral vermelho.

Passear de barco até à Costa de Cora

Todos os dias, há barcos a sair de Alghero na costa noroeste da Sardenha, até à Costa de Cora, que dizem cheirar a tomilho e alecrim. Aqui é possível visitar as grutas marinhas de Cabo Caccia, das quais se destaca a gruta de Neptuno pela sua beleza única. São mais de dois quilómetros de poços e galerias que vão deixá-lo maravilhado.

Visitar a Ilha Maddalena

Sardenha é rodeada por muitas ilhas, mas sugerimos uma ida à Ilha Maddalena. O acesso é feito de barco alugado ou então de ferry. Além da ilha em si, tem ainda o Bonifacio di Bocche para conhecer, um parque marinho que preserva algumas espécies que se encontram em extinção. Vale a pena ir.

QUERO IR À SARDENHA

Artigos relacionados