8 lugares invadidos pela natureza (que ficaram ainda mais bonitos!)

Joana Santana / Atualizado a

O que não falta espalhado pelo mundo são lugares absolutamente lindíssimos, seja pelo trabalho da mãe natureza, seja pela mão humana. Claro que a natureza “dá 10-0” a qualquer obra feita pelo ser humano e a prova disso é que existem vários lugares no mundo que são tão incríveis, que até parecem mentira. Mas o que é que acontece quando temos o melhor dos dois mundos?

Quando a natureza toma conta de obras feitas pela raça humana o resultado é simplesmente fascinante. Para que não duvide, hoje mostramos-lhe 8 lugares que foram totalmente invadidos pela natureza, e que ficaram (ainda) mais maravilhosos!

Al Madam, Emirados Árabes Unidos

lugares invadidos pela natureza, Al Madam, Emirados Árabes Unidos

A menos de 1hora de carro do Dubai a pequena cidade de Al Madam é um verdadeiro mistério. Construída nos anos 70, a cidade era tida como parte de um programa de habitação pública e que foi abandonada… mas ninguém sabe ao certo porquê! São várias as teorias, mas, até hoje, nenhuma delas foi comprovada. Independentemente disso, as duas fileiras de casas e a mesquita no meio do deserto ficaram cobertas pela areia. Por isso mesmo, muitas das casas estão parcialmente enterradas, com as dunas a invadir o interior. Envolta em mistério, incluindo a ideia de que esta aldeia possa estar assombrada, esta tornou-se uma famosa atração capaz de deixar qualquer um boquiaberto.

Houtouwan, China

Houtouwan, China

Houtouwan é uma antiga vila de pescadores localizada na Ilha de Shengshan, na China. Com cerca de dois mil habitantes, a pesca era a principal atividade económica da vila. No entanto, devido à crescente urbanização e à falta de infraestruturas e serviços básicos na ilha, os habitantes rumaram para outras terras, acabando por deixar a vila de Houtouwan completamente desabitada. Desde daí, a vegetação local tomou conta das construções e plantas trepadeiras e árvores crescem ao redor e dentro das casas, cobrindo-as com um manto verde. Com um efeito visual incrível, a ilha ficou nas bocas do mundo e, atualmente, é um local turístico que atrai muitos curiosos.

Ilha Netaji Subhash Chandra Bose (Ross Island), Índia

lugares invadidos pela natureza, Ilha Netaji Subhash Chandra Bose (Ross Island), Índia

A Índia é um país absolutamente fabuloso! Por isso mesmo, nunca faltam dicas de como explorar este magnífico país ou roteiros de passeios que não pode mesmo perder. Hoje trazemos-lhe um lugar para adicionar a essa lista: a Ilha Netaji Subhash Chandra Bose, anteriormente conhecida como Ilha Ross. Localizada no arquipélago de Andaman e Nicobar, esta ilha carrega um peso histórico. Se hoje é uma atração turística muito popular, em tempos foi uma prisão colonial, que posteriormente foi abandonada. Atualmente todos as estruturas mantêm-se na ilha, como casas, igrejas ou escritórios, mas, e apesar de já estarem em ruínas, têm uma beleza especial graças ao poder da natureza que tomou conta da ilha.

Kolmanskop, Namíbia

Kolmanskop, Namíbia

A Namíbia é um dos maravilhosos segredos guardados por África, e é aqui, em pleno deserto, que pode encontrar a cidade fantasma de Kolmanskop. Fundada no início do século XX, após a descoberta de diamantes na área, durante algum tempo esta cidade mineira foi próspera e cheia de vida, com infraestruturas muito avançadas para a época. No entanto, em 1950 a cidade foi completamente abandonada uma vez que os diamantes já tinham escasseado e esta foi, literalmente, deixada ao sabor do vento. Por isso mesmo, com o passar do tempo, a areia do deserto fez o seu trabalho e encarregou-se de invadir todos os edifícios deixados para trás. Atualmente, a cidade tornou-se numa atração turística incrível que é possível visitar com a ajuda de guias.

Sant Romà de Sau, Espanha

Lugares invadidos pela natureza, Sant Romà de Sau, Espanha

É certo que a nossa vizinha Espanha está repleta de cidades secretas perfeitas para umas escapadinhas, mas Sant Romà de Sau não só é secreta, como está… debaixo de água. Nós explicamos-lhe! Do outro lado da fronteira, na região da Catalunha, existia uma pequena aldeia. No entanto, nos anos 60, todos os habitantes da aldeia viram-se obrigados a abandona-la devido à construção de uma barragem. A barragem foi construída e as águas do rio Ter inundaram toda a região, submergindo a aldeia. A torre da igreja costuma dar sinais de si, principalmente quando o nível da água desce, e já foi mesmo possível ver mais edifícios e pedaços da história de Sant Romà de Sau em tempos de maior seca. Obviamente, que uma situação tão caricata como esta, tornou esta região numa atração turística!

SS Ayrfield, Austrália

SS Ayrfield, Austrália

O SS Ayrfield é uma embarcação histórica localizada em Wentworth Point, na Baía de Homebush, em Sydney, na Austrália. Construído em 1911, o navio serviu como navio de transporte que carregava carvão entre Newcastle e Sydney. No entanto, após do fim da II Guerra Mundial, o navio deixou de ter um propósito, uma vez que também começou a ficar obsoleto. Nos anos 70 foi levado para a baía – conhecida como cemitério dos navios – para ser desmontado, mas tal nunca aconteceu. Com o passar dos anos, naturalmente que a natureza começou a tomar conta do navio abandonado. Árvores e outras vegetações cresceram no casco do SS Ayrfield, criando um cenário espetacular e único que o torna hoje um ponto turístico na Austrália.

Templos de Angkor, Cambodja

Lugares invadidos pela natureza, Templos de Angkor, Cambodja

Se for até ao Cambodja, além de ter um dos povos mais simpáticos do mundo a recebe-lo, terá à sua espera aquela que é uma das atrações turísticas e históricas mais importantes do Sudeste Asiático – os Templos Angkor, em Siem Reap. Em tempos, casa da civilização Khmer, este complexo de templos é agora um local que parece saído saído de um conto de fadas. Por ter estado abandonado durante algum tempo, a mãe natureza decidiu dar vida ao espaço, cobrindo os edifícios de vegetação e raízes, tornando o espaço ainda mais incrível!

Valle dei Mulini, Itália

Valle dei Mulini, Itália

Relativamente perto de Amalfi, o Valle dei Mulini, que é como quem diz, o Vale dos Moinhos é agora uma atração natural muito procurada. Em tempos, este era um vale muito famoso pelos seu moinhos de água que eram utilizados para moer trigo e produzir farinha. Com o passar do tempo e a industrialização, o vale ficou desabitado. Num cenário que já era pitoresco por se situar numa ravina, cercada de montanhas, agora, a paisagem ficou ainda mais maravilhosa. A mãe natureza fez das suas e abraçou as ruínas dos moinhos com toda a sua vegetação, proporcionando um cenário absolutamente mágico. Por isso mesmo, este é um local muito procurado, principalmente para caminhadas e passeios.

A natureza não deixa mesmo de nos surpreender. E ainda bem! Somos mesmo uns sortudos por podermos explorar o mundo e conhecer todas estas maravilhas, capazes de nos deixar sem respiração. E com tanto para ver, o melhor mesmo é não perder tempo e aproveitar ao máximo. Já pensou para onde quer ir na sua próxima viagem?