Destinos

City break – Jerusalém

Share this post

Hoje vamos até Jerusalém para propor um city break que tem tudo para se tornar a viagem da sua vidaBruĥim haba’im!*

*Bem-vindo em hebraico

Com mais de 3 mil anos de história, a capital de Israel encontra-se entre as montanhas de Judeia, o Mar Morto e o Mar Mediterrâneo. Jerusalém é a cidade mais sagrada do mundo pela sua importância religiosa para os judeus, muçulmanos e cristãos, atraindo visitantes de todas as nacionalidades.

Acima de tudo, é um lugar de culto com uma energia intensa, muita fé e uma história que faz parte de todos nós, mas também pelo património e pela gastronomia exótica. Cidade Velha ou Cidade Nova, por onde começar?

Cidade Velha

Considerada a zona mais antiga, é cercada por muralhas consideradas património Mundial da Humanidade pela UNESCO, e cujo acesso é feito através de 9 portões principais, tais como o Portão de Damasco, o Portão do Leão ou o Portão de Jaffa, o mais conhecido.

A cidade está dividida em quatro bairros: Judeu, Árabe, Cristão e Armênio. Saiba então o que visitar.

No bairro judaico, encontrará inúmeras sinagogas, o Cardo ou a principal avenida da cidade que preserva os seus pilares de origem romana, o famoso Muro das Lamentações (o lugar mais sagrado de todos, diante do qual as pessoas rezam e deixam os seus desejos escritos em papelinhos depois colocados nas fendas), a Via Sacra e a Torre de David, um museu a céu aberto junto ao Portão de Jaffa, de onde é possível ter acesso a uma vista panorâmica de toda a cidade.

No bairro muçulmano, o maior dos quatro, encontrará o Domo da Rocha (monumento islâmico mais antigo do mundo, com uma impressionante cúpula dourada), a Mesquita de Al-Aqsa (a maior mesquita da cidade), sem esquecer o shuk (um enorme mercado onde se vendem jóias, porcelanas e muito mais, tudo a preços bem regateados).

No bairro cristão, predominam igrejas e capelas frequentadas por peregrinos. Aqui, vale a pena percorrer a Via Dolorosa desde o Portão do Leão, uma pequena rua que Jesus terá feito enquanto carregava a cruz. No final, encontra-se a Igreja do Santo Sepulcro onde Jesus terá sido crucificado, tornando-se dos locais mais importantes para o cristianismo.

Por fim, no bairro armênio que é também o mais pequeno de todos, a Catedral de St. James é considerada a principal atração.

Foto: ©Hanan Isachar

Já fora dos muros da Cidade Velha, visite o Monte das Oliveiras, formado por uma colina com três picos de onde é possível deslumbrar-se com as vistas e paisagens, em especial ao pôr-do-sol.

Foto: boaviagem.org

Cidade Nova

Esta zona da cidade inclui monumentos construídos a partir de 1860, tais como o Museu de Israel. Além as exposições de pintura, caligrafia, tapeçaria, cerâmica, entre outros temas, abriga o mais extenso património arqueológico bíblico do mundo.

Yad Vashem, também chamado de Museu do Holocausto, é o memorial de Israel aos milhões de vítimas do Holocausto. Além de documentar a história do povo judeu através de histórias pessoais, objetos, documentos, filmes e fotografias, a ideia é precisamente nunca fazer esquecer este acontecimento histórico junto das gerações futuras.

Noutro cenário, visite o shuk Mahane Yehuda (o mercado mais popular de Israel) e desfrute de um ambiente bastante colorido e intenso de cheiros. Uma excelente oportunidade para experimentar os sabores típicos.

A próxima recomendação é uma ida até The First Station, uma antiga estação de comboios transformada num espaço cultural com exposições e workshops, lojas, restaurantes e bares.

Por último, o que seria de viajar até Israel sem ir pessoalmente ao Mar Morto? Embora esteja a cerca de 100 km de Jerusalém, vale a pena fazer uma excursão e passar um dia num dos lugares mais incríveis que vai conhecer na vida. Tendo a água mais salgada no planeta, na verdade vai sentir-se sempre a flutuar, enquanto desfruta de uma paisagem única.

PROGRAMA PARA IR A JERUSALÉM

Israel tem 14 cidades, entre as quais Jerusalém, Tel Aviv, Nazaré, Belém e Jericó. Seja qual for a sua preferida, há sempre um voo à sua espera.

VOOS PARA ISRAEL

Artigos relacionados