Destinos / Férias na Praia

Ilhas Cíes: mergulhe num paraíso ao natural

Share this post

Que o mundo está cheio de lugares bonitos para descobrir já todos sabemos, mas o melhor é quando constatamos que alguns desses locais estão plantados ao lado de Portugal. É o caso das Ilhas Cíes, pois claro!

Estas famosas ilhas – que foram capultadas para a fama em 2007 por um artigo do The Guardian – formam um arquipélago que faz parte do Parque Nacional Marítimo Terrestre das Ilhas Atlânticas de Galiza. As Cíes são consideradas únicas pelas suas paisagens, água cristalina, flora e vida selvagem. E, como dizíamos logo no início, estão apenas a 1h30 de distância do Porto!

Praias paradisíacas e a natureza no seu esplendor máximo

Fugir para a ilha é sinónimo de descanso, calma e serenidade. Se procura umas férias para estar em sintonia com a natureza e desligar da vida agitada da cidade, este é, sem dúvida, um destino de eleição.

Além de ser presenteado com praias de sonho, com aquela água azul turquesa que se vê nos filmes, tem ainda a oportunidade de nadar lado a lado com a fauna marinha local.

Uma das praias mais conhecidas da ilha – e também o seu cartão postal – é a Rodas. Trata-se de uma praia com um areal branco bastante extenso e rodeada de vegetação, que liga as duas partes da ilha. É tão arrebatadora que chegou a ganhar o estatuto de uma das praias mais bonitas do mundo. Por esse motivo, é paragem obrigatória, mas também é normal que seja aquela onde irá encontrar mais gente.

Se prefere praias mais calmas, tem mais oito que pode explorar e que lhe proporcionarão experiências espetaculares e memórias muito bonitas, nomeadamente as praias de Nosa Señora, Margaridas e Bolos.

Descubra as ilhas pelo seu próprio pé

Se, por outro lado, tiver interesse em explorar as ilhas poderá percorrer alguns dos vários trilhos existentes e apreciar a natureza selvagem, bem como a fauna e flora únicas deste belo local.

Existem quatro percursos pedestres definidos e sinalizados, sendo que o mais emblemático é a Rota de Monte Faro, com cerca de 7,5km (o mais longo também). Os restantes – Rota Alto do Príncipe, Rota do Faro da Porta e Rota de O Monteagudo – são mais curtos, mas igualmente bonitos.

Pelo caminho vai poder conhecer os segredos destas ilhas através de vistas panorâmicas fantásticas, falésias, lagos escondidos, observatórios de aves e, inclusive, subir até ao farol das Cíes.

Viagem de um dia ou escapadinha de fim-de-semana

De forma a preservar o ecossistema das Ilhas Cíes, foi imposto um limite máximo de 2.200 visitantes diários, sendo que apenas 800 podem passar lá a noite. Por isso, é importante decidir com antecedência qual o tipo de programa que se quer fazer. Se optar por passar o fim-de-semana completo, lembre-se que o único alojamento disponível é o parque de campismo local. Mas desengane-se se acha que é um parque de campismo qualquer: este está situado num pinhal a 50 metros da praia e oferece-lhe os bons dias com uma vista épica.

A nossa recomendação? Fique por lá mais do que um dia. É preciso tempo para digerir toda a beleza do arquipélago! E só dessa forma poderá ver o incrível pôr do sol e comtemplar o céu estrelado quando a noite começa a cair.

É verdade, as Cíes são um dos poucos locais do mundo que têm o certificado “Starlight Touristic Destination”, o que significa que é um local reconhecido por estar livre da poluição luminosa e oferecer uma excelente visibilidade para a observação de estrelas.

A viagem para as ilhas é feita de barco e existem várias companhias que fazem esta travessia todos os dias, partindo de Vigo (onde a frequência é maior), mas também de Cangas e Baiona. A viagem demora, em média, cerca de 40 minutos.

Aproveite o bom tempo e vá conhecer “as Ilhas dos Deuses”, como os romanos lhes chamavam. Não se vai arrepender!

Encontrar hotéis em vigo

Artigos relacionados