Koh Samui: um pequeno paraíso à sua espera na Tailândia

Top Atlântico / Publicado a
Tailândia, terra dos sorrisos, é famosa pelas suas ilhas exóticas, praias e cascatas, templos e jardins mágicos, aromas e sabores intensos. Entre tantas experiências por onde escolher, reserve uns dias de férias para conhecer Koh Samui, um pequeno paraíso à sua espera.

Como ir ao encontro da ilha Koh Samui?

Chamada de “Pérola do Mar da China” e considerada a terceira maior ilha do país, Koh Samui situa-se no golfo da Tailândia e fica no centro de um arquipélago composto por cerca de 85 ilhotas, das quais apenas 6 são habitadas. Embora seja das ilhas mais visitadas no sudeste asiático, continua a ser das mais tranquilas. O destino perfeito para descontrair, descansar e recuperar energias, ficar alojado defronte para o mar ou uma montanha.

O que pode fazer nesta magnífica ilha?

Sendo uma ilha pequena, a questão é: por onde começar? Afinal, Koh Samui está repleta de praias e lagoas com água azul-turquesa, em contraste com os espaços verdejantes e as cascatas no interior da ilha, além dos templos budistas. Só pela beleza natural, das paisagens e dos monumentos, terá muito para explorar.

Praias durante o dia, emoções ao pôr-do-sol.

Em Koh Samui, é natural que as praias sejam a principal atração. Extensões de areia branca limpa e dourada, águas cristalinas com uma vida marinha absolutamente incrível que poderá conhecer a fazer mergulho ou snorkeling, inúmeras sombras de coqueiros e ambiente calmo em sintonia com a ondulação do mar. Quanto a nomes de praias, Mae Nam, Lamai, Chaweng, Coral Cove, Silver, Tailing Ngam, Natien e Tongsai Bay são as nossas recomendações. Nas praias Lipa Noi Beach e Taling Ngam Beach, ao final da tarde, o sol despede-se com um brilho e cores intensas que se revelam em cada segundo, até que o dia dê o seu lugar à noite. Um momento memorável.

Lugares emblemáticos, de visita obrigatória.

Construída em 1972, a estátua do Big Buddha com cerca de 12 metros de altura e pertencente ao templo Wat Phra Yai Ko Fan, é um dos grandes ícones de Koh Samui. Wat Plai Laem, Wat Khao Hua Juk e Wat Khunaram, são três outros templos que merecem uma visita. Se gosta de aventura, recomendamos vivamente uma ida ao Mu Ko Ang Thong National Park. Na verdade, trata-se de um parque marinho composto por ilhas cerca de 42 ilhas. Pode passear de barco entre ilhas paradisíacas, aproveitar as praias para fazer um pouco de canoagem e mergulho, fazer caminhadas nos trilhos que vão dar a lagoas e miradouros naturais. Um programa imperdível e inesquecível.

Sabores típicos, à mesa ou na rua.

Como em todas as viagens, cada destino revela-se uma surpresa para os nossos sentidos e, em particular, para o paladar. Afinal, a gastronomia típica faz parte desta experiência que é conhecer outra cultura. Na hora das refeições principais, o peixe e os frutos do mar, como o camarão, são a maior atração pelo seu tamanho, sabor e frescura. Nos restaurantes ou nos mercados de rua, a ideia é experimentar e saborear.

Relaxar durante o dia, divertir-se à noite.

Durante o dia, passeie muito e descontraia com as idas à praia e aos parques marinhos, às lagoas e às cascatas, como Wang Sao Thong e Na Mueng. À noite, aproveite para se divertir nos mercados de rua, como o Chaweng Night Market, o Walking Street e o Lamai Night Market, onde é possível petiscar nas barraquinhas, mas também experimentar os restaurantes em redor. Para animar o final da noite, existem inúmeros bares, pubs e discotecas onde dar uns passos de dança.