O melhor do Faial

Mariana Soares / Publicado a
O Faial é uma das ilhas mais bonitas dos Açores. A sua principal cidade – Horta – repousa parcialmente em várias colinas com vista para um belo porto, enquanto o interior revela paisagens vulcânicas dramáticas que fazem parecer que aterramos na Lua. A ilha do Faial, localizada no grupo central do arquipélago dos Açores, está repleta de belas paisagens, atrações únicas, trilhos para caminhadas fantásticas e um centro da cidade animado. Quer esteja a visitar a ilha do Faial como uma escapadinha de dois ou três dias ou que fique por lá por mais alguns dias, há muito para ver e explorar. Conheça o melhor do Faial!

Vista do Monte da Guia

  Aqui estamos perante um antigo vulcão de origem marítima que se juntou à ilha do Faial. Serve de miradouro de excelência para a cidade da Horta e para a praia do Porto Pim. Também poderá encontrar a Ermida da Nossa Senhora da Guia, e do seu miradouro pode observar, nitidamente, parte da bela costa da Horta.

Caldeira do cabeço gordo

O primeiro grande impacto ao chegar ao local é a imensa cratera da Caldeira. Situado na zona central da ilha, este é o ponto mais elevado da mesma, com cerca de 1043 metros de altitude. Devido à sua altitude, é possível avistar as ilhas do Pico, São Jorge, Graciosa e também toda a ilha do Faial. No meio da Caldeira há um lago e o pequeno cone vulcânico, cercado pela primitiva floresta laurissilva.

Vulcão dos Capelinhos, Farol da Ponta dos Capelinhos e o Centro de Interpretação

Imagine visitar um testemunho da última erupção vulcânica, incrível não é? Aqui poderá visitar as “cicatrizes” deixadas pelo última erupção ocorrida no Faial e que aumentou o território da ilha do Faial. Esta área, de solo cinzento, apresenta já algum crescimento de vegetação. Poderá subir ao Farol dos Capelinhos – que se manteve intacto – e ainda visitar o Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos, onde poderá compreender melhor a erupção e ainda ver filmes e exposições sobre os Açores, sobre a história dos faróis e sobre a formação do arquipélago.

Marina da Horta e as cores das gravações dos velejadores para boa sorte

Com 36 anos, esta marina é uma das mais movimentadas do mundo, principalmente, por iatistas e aventureiros. À sua volta, paira a tradição desses mesmos velejadores deixarem uma pintura alusiva à sua embarcação nas paredes da Marina, tornando-a bela e única. A lenda diz que essa pintura trará proteção divina à embarcação na viagem de retorno. A Baía da Horta – local onde esta marina está localizada – é a segunda baía Portuguesa a integrar o “Clube das Mais Belas Baías do Mundo”.

Bar Peter’s, um dos mais icónicos dos Açores

Quem nunca ouviu falar no Bar Peter’s? Até no continente já ouvimos falar de certeza. Este é um famoso café no mundo dos velejadores e foi inaugurado em 1918 no Faial. No seu interior, encontrará várias bandeiras de várias partes do mundo, deixadas pelos velejadores de várias partes do mundo. Por cima do Café, está situado o Museu do Scrimshaw, que reúne uma vasta coleção de peças de ossos e dentes de baleia esculpidas e gravadas.

Fábrica da Baleia de Porto Pim

Se gosta de vida marinha, este museu é imperdível. A exposição da Fábrica da Baleia de Porto Pim conta praticamente com toda a sua maquinaria original. Nesta fábrica podemos ver os vários espaços onde decorriam as várias fases do processamento integral do cachalote para obtenção dos subprodutos comerciais como óleo de toucinho e aproveitamentos e farinhas de carne, ossos e sangue. Encontrará também uma sala dedicada à morfologia e comportamento do cachalote com um esqueleto verdadeiro de uma fêmea desta espécie. Zona Balnear do Varadouro Agora que já conhece o melhor do Faial não pode ficar parado! Entre em contacto connosco e marque já a sua viagem!