Destinos / Experiências

Segredos de África- 5 destinos escondidos para visitar em 2021

Share this post

Depois de já termos percorrido parte do globo a desvendar os segredos da Europa e da Ásia, chegou a vez da bela África.

Tantas vezes fora dos holofotes turísticos é fácil adivinhar que este continente pautado por florestas densas e, nas regiões mais secas, por savanas, conte com muitos segredos ainda por descobrir.

Portanto agarre-se bem e prepare-se para se maravilhar com a natureza no seu esplendor.

Selous (Tanzânia)

Maior do que a Bélgica ou do que a Suíça, assim é a Reserva Natural de Selous. Ao todo são 50.000 quilómetros quadrados, o que faz com que seja a maior reserva natural africana. No entanto, apesar de liderar o pódio da dimensão, não é tão conhecida como o Serengeti National Park. E ainda bem!

Ao visitar este local prepare-se para ter uma vasta paisagem selvagem com uma diversidade inacreditável de animais que vão desde hipopótamos, girafas, elefantes, leões, crocodilos, e mais de 400 espécies de aves, entre muitas outras.

Rovos Rail (África do Sul, Namíbia e Tanzânia)

Sobre esta sugestão é caso para dizer que a viagem faz o destino. Falamos portanto de uma viagem épica, considerada como uma das viagens de comboio mais luxuosas do mundo. O comboio foi totalmente restaurado, mantendo sempre o estilo clássico pelo qual é conhecido e adorado. Alguns dos vagões do comboio remontam mesmo à década de 1920, o que ilustra bem a viagem no tempo que esta experiência oferece. Para lá do comboio, os pontos de interesse são variados: as Cataratas Vitória, a Cidade do Cabo, o Deserto da Namíbia e de Calaari, o Desfiladeiro do Rio Fish e ainda o Grande Buraco (o maior buraco do mundo feito à mão).

Razões não vão faltar para embarcar a todo o vapor.

Ilha de La Digue (Seychelles)

La Digue é um dos tesouros mais bem guardados das Seychelles. Longe dos holofotes, conserva puro encanto e muita descontração.

O principal atrativo são as praias de areia branca (Anse Source d’Argent e Anse Patate são de visita mandatória), com magníficos corais, palmeiras e pequenos bares abraçados pela vegetação onde se podem comprar cocos. Nesta ilha encantada aproveite para ter experiências mágicas, como nadar com tartarugas, comer um delicioso peixe fresco em frente à praia, e percorrer a ilha de bicicleta sem pressas, já que esta tem apenas 6km de comprimento máximo o que faz da bicicleta um dos meios eleitos por turistas e locais.

Vale de Desolação (África do Sul)

Não se deixe enganar pelo nome. Este vale, inserido em pleno Parque Nacional do Camdeboo, é tudo menos uma desolação. As altas colunas rochosas erguem-se num esplendor de 120 metros de altura, resultado de anos de erosão, ventos fortes, muito calor, e uma teimosia acrescida que mantém esta estrutura forte e intacta.

Damaraland (Namíbia)

Começamos com uma curiosidade. Namib tem origem em nama que significa “local vasto”. É exatamente assim que Damaraland se apresenta: grandiosa e de perder de vista. Aqui a vida que se encontra é sobretudo animal e livre, podendo maravilhar-se ao volante com elefantes do deserto, rinocerontes negros, leões e girafas. Uma beleza totalmente selvagem impossível de não surpreender.

E assim terminamos esta viagem pelos segredos de África, com a certeza de que ainda há muito mais por desbravar. Comece agora os seus planos de 2021 com uma viagem memorável. Se precisar de aconselhamento para estes ou outros destinos, poderá consultar o nosso site ou falar diretamente com um dos nossos consultores especializados em destinos Africanos. Teremos todo o prazer em ajudá-lo no que precisar. Até breve!

ver oportunidades em África

Artigos relacionados