Um paraíso na República Dominicana chamado Samaná

Top Atlântico / Publicado a
Vêm aí as férias, o bom tempo e mais vontade de nos pormos num avião em direção a um lugar onde possamos descontrair das rotinas e do trabalho numa praia calma, sem confusão e com muita beleza natural por perto. Apenas estender a toalha na areia com vista para um mar cristalino. Se o destino for a República Dominicana nem sempre significa Punta Cana, até porque existem outras opções realmente diferentes para relaxar num resort, a dois ou até em família. Samaná é a nossa recomendação. Localizada a noroeste da República Dominicana, Samaná tem algumas das praias mais bonitas do mundo, como a Praia Canto, Las Terrenas ou Praia Ricón, na zona de Las Galeras. Tem praias exóticas e selvagens, um enorme parque nacional, cavernas, montanhas, lagoas, cascatas e acesso a ilhas como a famosa Bacardi, em Cayo Levantado. Na realidade, Samaná tem tudo para ser feliz neste pedaço de terra em plenas Caraíbas. Já foi eleita a segunda melhor praia do mundo e atualmente é considerada a quarta mais bela. Apresentamos a Playa El Rincón, em Las Galeras, uma praia deserta com águas calmas rodeada de paisagens virgens que valem cada minuto aqui passado. Também indicado para estar em família. Em Samaná, todos os momentos podem ser aproveitados para muitas atividades, em terra ou em mar. Pode fazer caminhadas e percursos a cavalo, mas também experimentar ou praticar desportos náuticos, tais como mergulho, surf, bodyboard, andar de jet ski e catamarã, observar baleias na Baía de Samaná ou no Santuário de Mamíferos Marinhos do Banco de la Plata. Porém, a melhor altura para assistir a este fenómeno será de janeiro a meados de março. Para conhecer um pouco melhor a história destes habitantes da ilha, visite o Museu da Baleia na capital Santa Bárbara. Além da praia, as montanhas e a floresta fazem igualmente parte das paisagens, onde há muito para descobrir no Parque Nacional Los Haitises. Uma enorme biodiversidade na floresta tropical ainda virgem. Uma história retratada nas cavernas com arte indígena. Uma praia isolada no meio do parque onde se pode refrescar. Passear, visitar, conhecer, descobrir e agora saborear. Em Samaná, pode facilmente ver-se a degustar um prato de lagosta numa das praias, mas a gastronomia dominicana acaba por ser muito variada, dada a mistura de várias culturas que por aqui passaram. Em termos de cozinha tradicional, os ingredientes mais predominantes são o arroz, feijões, carne, peixe, vegetais e bananas verdes. Uma aventura de sabores e experiências que fazem parte de um álbum de férias memorável. Bem-vindo a Samaná.