Experiências / Viagens Baratas

Lua-de-mel em Roma

Share this post

Benvenuto a Roma! Capital de Itália, apelidada de “cidade eterna” e conhecida por ser um “museu a céu aberto”, ou não tivesse alguns dos monumentos mais visitados do mundo. Eis o próximo destino perfeito para uma lua-de-mel, até porque “todos os caminhos vão dar a Roma”.

Vista panorâmica de Roma

Com um património histórico e cultural que atrai turistas de todo o lado, Roma tem a habilidade de conjugar tradição e modernidade numa só cidade que inspira ao romantismo. Percorrer as ruas típicas, desfrutar das praças sempre animadas, visitar os monumentos descomunais e saborear a cozinha italiana tão apreciada pelas saborosas pizzas e massas. É isto que propomos, sempre a dois.

CAMINHAR PELAS PRINCIPAIS PRAÇAS

Trastevere é um bairro romano na margem oeste do rio Tibre que merece uma visita pelas ruas animadas com artistas de rua, onde encontrará igrejas, lojas, cafés e restaurantes genuinamente italianos. Deixe-se encantar por um ambiente propício a uma saída romântica.

Bairro Trastevere

A Piazza di Spagna com a sua famosa escadaria, embora sempre repleta de pessoas, é de passagem obrigatória. Construída em 1720, atualmente é um ponto de encontro para muitas pessoas que ali param para conviver, beber vinho ou apenas observar o movimento da cidade, em especial do topo das escadas onde se tem acesso a uma vista privilegiada.

Piazza di Spagna

Na Piazza della Repubblica existe a fonte Naidi e a basílica Santa Maria degli Angeli e dei Martiri, onde poderá entrar para fazer uma breve visita.

Piazza del Popolo, ou Praça do Povo, é um lugar muito popular na passagem de ano por ser onde é feita a contagem decrescente no dia 31 de dezembro. Nesta praça não faltam bons restaurantes, lojas e locais para desfrutar a dois.

Além de ser uma das praças mais coloridas e bonitas de Roma, a Piazza Navona é o lugar ideal para um jantar romântico, acompanhado por um excelente vinho italiano. Para tornar o ambiente mais especial, existem aqui três fontes: Fontana dei Quattro Fiumi, Fontana di Nettuno e Fontana del Moro.

Na Piazza Campo di Fiore também se pode jantar muito bem num ambiente animado pelos inúmeros artistas de rua e a música que tocam ao vivo, exceto aos domingos por ser ocupada por um dos maiores mercados da cidade.

Por fim, sugerimos a Piazza Venezia onde poderá subir ao monumento Vittorio Emanuelle II e ter uma maravilhosa vista panorâmica da cidade.

VISITAR OS PRINCIPAIS MONUMENTOS

A Fontana di Trevi é dos lugares mais românticos da cidade e uma das fontes mais famosas em todo o mundo. Diz a tradição que se devem atirar duas moedas de costas viradas para a fonte, sobre o ombro esquerdo, sendo uma delas dedicada ao amor e a outra para voltar um dia a Roma.

Fontana di Trevi

O Coliseu é outro dos grandes ícones da cidade de Roma. Se for de metro, que é o recomendado, basta descer na estação Colosseu para se deslumbrar com o monumento assim que o vir. Aqui, poderá subir e descer as escadas, explorando as ruínas sobreviventes dos 2000 anos de história deste anfiteatro construído durante o império romano.

Coliseu

Situados na Cidade do Vaticano, uma cidade-estado localizada na zona norte de Roma que é na verdade o menor país do mundo, estão os Museus do Vaticano. Apesar das filas enormes para se entrar, se conseguir organizar-se mediante o horário de abertura e o tempo que dispõe para esta visita, vale muito a pena conhecer a impressionante Capela Sistina e a Basílica de São Pedro, além de todo o espólio de obras e estátuas dispostas nos inúmeros corredores e salas. Se conseguir subir até à cúpula, terá uma vista magnífica.

Vista da cidade do Vaticano

O Panteão, um dos edifícios mais bonitos e bem preservados da Roma Antiga, revela no interior uma cúpula aberta com mais de 2000 anos de história, onde estão sepultados imperadores romanos.

Panteão

IR UM POUCO ALÉM DO “ÓBVIO”

Entre os passeios de mãos dadas pelas ruas e praças, visitas e subidas de escadarias, há sempre uns tesouros que a cidade vai revelando, ou mais precisamente os turistas. Il Buco di Roma é um desses casos que será decerto uma boa recordação da lua-de-mel. Assim, no portão da basílica de Santa Sabina existe um buraco de fechadura do qual se pode admirar a vista para a cúpula da Basílica de São Pedro.

Outra experiência que pode ser uma boa memória é a famosa Bocca della Verità ou Boca da Verdade. Trata-se de uma estátua no interior da igreja de Santa Maria de Cosmedin na Piazza de la Verità. Diz-se que ao colocar a mão dentro da boca enquanto se diz algo, ela consegue perceber se for mentira e fechar, mordendo a mão do “mentiroso”. Por curiosidade, na idade média foi usada pela igreja como detetor de mentiras. E você, vai arriscar? In bocca al lupo, ou como quem diz em italiano, boa sorte! E boa viagem.

QUERO IR

Artigos relacionados