Experiências / Viagens Baratas

City break – Dublin

Share this post

Numa altura em que o inverno começa a distanciar-se e avizinham-se mais dias de sol, sugerimos uma ida a Dublin para uma pequena pausa. É aqui que se concentra o principal centro histórico, cultural e económico da Irlanda, ou não fosse a capital.

Além de ser das maiores e mais antigas cidades da Europa, Dublin é ainda conhecida pela famosa banda U2 e a cerveja Guinness, entre as centenas de pubs que irá encontrar.

Como deve imaginar, a sua viagem será bastante animada pela dinâmica desta metrópole com um passado rico e um ambiente descontraído que emana alegria, às margens do Rio Liffey. Feita uma breve apresentação, passemos às sugestões do que poderá visitar e fazer em Dublin.

Só por curiosidade, já alguma vez ouviu falar do Saint Patrick’s Day ou Dia de São Patrício? Trata-se de uma festa anual com um certo espírito carnavalesco, em homenagem ao santo padroeiro da Irlanda. Como usava um trevo de três folhas por questões religiosas, tornou-se um símbolo.

Por esta razão, durante os dias festivos cuja programação de 2018 pode consultar aqui, os irlandeses vão celebrar para a rua vestidos com trajes e fantasias em tons de verde. Embora aconteça um pouco por toda a Irlanda, acaba por concentrar-se mais em Dublin e Belfast, capital da Irlanda do Norte. Se quiser alinhar a sua viagem com este evento, saiba que acontece de 15 a 19 de março.

Dublin tem um povo amigável que é apaixonado por música e artes, tem monumentos repletos de história, parques, lojas e bons restaurantes para degustar cozinha irlandesa. Embora a simpatia e o divertimento sejam das facetas mais conhecidas desta cidade, existe sempre muito para descobrir. Eis as nossas principais sugestões.

Já que começámos por mencionar o grande evento relacionado com o Saint Patrick’s Day, está convidado a visitar a Saint Patricks’ Cathedral, a maior igreja da Irlanda localizada muito perto do centro da cidade. Além da sua magnitude enquanto monumento e os inspiradores recitais durante as horas de almoço, é o local onde está sepultado o autor do famoso livro “As viagens de Gulliver”.

A cerveja Guinness é um motivo tal de orgulho para os irlandeses que existe uma casa oficial da marca, para visitas e acesso ao público. Localizado no coração da St. James’s Gate Brewery, a Guinness Storehouse é considerada a atração turística mais popular da Irlanda e tem motivos para isso.

O edifício, em forma da maior garrafa de cerveja do mundo, é composto por 7 andares com inúmeras experiências interativas que passam pela história da Guinness, degustações e terminam com o Gravity Bar, onde poderá saborear a sua Guinness com uma magnífica vista de 360 graus.

Continuando a viagem, sugerimos uma visita ao Trinity College Dublin, um colégio fundado em 1592 que tem a maior biblioteca da Irlanda com mais de 4,5 milhões de volumes, entre os quais livros com mais de 1000 anos.

Foi também esta biblioteca que inspirou alguns cenários do filme Star Wars. A dimensão fala por si, mas poder estar no local e ver com os próprios olhos, sentir o ambiente e o cheiro da história, é realmente inigualável.

Para os apreciadores de arte, têm várias opções em Dublin. Do kilmainham Gaol, um museu que já foi uma cadeia no passado, à National Gallery of Ireland que apresenta uma coleção com cerca de 2.500 pinturas e muitas outras obras.

No Dublin Castle, um castelo no coração histórico da cidade, poderá conhecer a Capela Real, percorrer as galerias subterrâneas do tempo dos Vikings e explorar a biblioteca onde tem exposta uma fantástica coleção de obras orientais que merecem uma visita.

Porque descontrair faz parte de qualquer city break, delicie-se no Phoenix Park, o maior parque urbano da Europa repleto de atrações como um forte. Inclui ainda o Dublin Zoo que ocupa uns modestos 28 hectares com jardins, lagos e habitats dos animais aqui existentes.

Ao todo, são cerca de 400 e vieram de todo o mundo, sendo que algumas destas espécies são raras. Além de visitar os animais, é possível fazer uma savana africana e muito mais. Uma aventura que naturalmente recomendamos.

QUERO IR A DUBLIN

Artigos relacionados