As mais incríveis termas naturais do mundo

Mariana Soares / Publicado a
Nas profundezas da Terra, da rocha vulcânica e depósitos minerais naturais flui a água das melhores fontes termais. Por este mundo fora existem termas que só o local merece uma visita pela sua beleza e ainda relaxamos ainda mais numas férias merecidas. Muitas termas oferecem propriedades terapêuticas usadas por civilizações antigas que dizem que são benéficas para a saúde. Outras, apesar de não se poder banhar, a sua beleza merece uma visita. Faça as malas, agarre no seu passaporte e parta rumo às melhores fontes termais do mundo.

Banjar (Bali)

Rodeado por jardins tropicais exuberantes, está o complexo de fontes termais em Bali (Indonésia) de Banjar, ou Air Panas Banjar, como os habitantes locais o chamam. Escondido nas colinas da aldeia de Banjar, a água termal natural jorra das bocas de cabeças de animais esculpidas em pedra, enchendo uma piscina com o que é considerado água “benta”. A água neste banho transborda na segunda e depois na terceira piscina, onde a corrente desce para uma massagem quente nos ombros sob as quedas.

Lagoa Azul do Spa Geotérmico (Islândia)

Provavelmente, já viu fotos deste céu azul, onde um vapor branco paira na água vibrante, cercado por rochas negras cobertas de neve. Sim, a Lagoa Azul, na Islândia, é uma daquelas experiências eternas – sem dúvida, uma das melhores fontes termais do mundo. Mergulhe nestas águas geotérmicas, onde a água doce e a água do mar se combinam em temperaturas agradáveis no meio da Neve.

Travertine (Califórnia – EUA)

No Parque Estadual da Califórnia, há um caminho de terra que leva a uma das fontes termais mais icónicas do país. Travertine é um dos “templos” mais procurados para os caminhantes de todo o mundo e aqui se encontrarem com a mãe-natureza num ambiente de calma e relaxamento. Cercada por absolutamente nada para além de montanhas e sol, esta piscina geotérmica tem o nome do calcário depositado por fontes termais. Sairá desta piscina mais relaxado do que nunca.

Cascata del Mulino (Toscânia – Itália)

Situadas nos arredores da vila de Saturnia, cercadas pelas belas paisagens da Toscânia, encontramos as nascentes da Cascate Del Mulino. Com um ambiente acolhedor e descontraído podem ser visitadas, não importa a estação pois estas piscinas em escada ficam alcaçãm temperaturas agradáveis nas 4 estações do ano. Já na Era Romana dizia-se que estas pequenas cascatas, naturalmente completas de minerais que podem curar doenças…

The Grand Prismatic (Wyoming – EUA)

Como se o Parque Nacional de Yellowstone não fosse por si só uma nas maravilhas da Natureza, a The Grand Prismatic Spring é um dos espectáculos mais hipnotizantes de todo o planeta. Atualmente, a maior fonte termal dos EUA e a terceira maior do mundo, criando um autentico arco-iris com as suas faixas intensamente brilhantes de azuis, verdes, amarelos e laranjas. Apesar de não se poder banhar, uma visita é a esta maravilha da natureza vale com certeza a pena e ficará na sua memória e nas imensas fotografias para mais tarde recordar.

Pamukkale (Turquia)

Pamukkale traduz-se para Castelo de Algodão. E ao longe, é o que parece. Na Turquia, o que para muitos à primeira vista parece também piscinas de gelo glaciais são, na verdade, terraços de cal formados pela mãe-natureza ao longo dos últimos séculos com as suas piscinas de água termal de azul turquesa. Por questões de conservação e preservação, hoje não é possível banhar-se nestas termas mas uma visita é obrigatória na sua viagem à Turquia. Relaxe numa destas termas e regresse renovado. Mesmo naquelas que não se pode banhar, estas maravilhas da natureza merecem uma visita.