Destinos / Viagens Baratas

Aldeias Históricas – um monumento nacional (parte I)

Share this post

Quem não gosta de uma boa história? Desde pequenos que as ouvimos e que sonhamos com elas. As Aldeias Históricas de Portugal contam, também elas, a História e muitas estórias.

São locais cristalizados no tempo, plenos de tradição, paisagens quase intocadas e gentes simpáticas e afáveis. No total são 12 aldeias – algumas delas, na verdade, já são vilas – localizadas na zona centro, mais especificamente na tão pitoresca região beirã.

Na primeira parte deste artigo vamos explorar 6 aldeias, aquelas que estão localizadas mais a norte. Na segunda parte, iremos rumar um pouco mais sul, desvendando convosco as restantes.

1 – Marialva

Por Marialva passaram vários povos – lusitanos, romanos, visigodos e árabes – o que nos transporta pelas raízes de Portugal.

A aldeia possui três núcleos distintos e todos eles imperdíveis. São eles a Cidadela, o Arrabalde, que prolonga a vila para lá das suas muralhas, e, por último, a Devesa, a sul da Cidadela, e que vai da planície até à ribeira da Marialva sobre a antiga cidade romana.

2 – Castelo Rodrigo

O estilo medieval desta aldeia é definitivamente encantador. Antes de se imiscuir na aldeia, observe-a de longe, juntamente com os seus torreões, muralhas, casas de encantar. Uma imagem que parece retirada de um filme muito, muito, antigo…

Agora é momento de conhecer a aldeia por dentro. Para isso, atravesse a emblemática Porta do Sol e deixe-se levar pelas ruas deliciosas que a compõem. Passeie sem tempo contado e tenha atenção a todos os detalhes como, por exemplo, as inscrições hebraicas, fruto da presença de judeus nesta região. Por último, não deixe de ir à Igreja Matriz, às Ruínas do Palácio de Cristóvão de Moura e ao Castelo.

Não deixe de visitar Castelo Rodrigo, considerada uma das 7 Maravilhas de Portugal.

3 – Trancoso

Desde cedo que Trancoso esteve bem presente no mapa português pela sua importância estratégica. Foi considerada fulcral para os romanos e foi também um dos palcos principais da reconquista cristã na conhecida Batalha de Trancoso. Aliado a tudo isso foi um pólo de importantes trocas mercantis.

Aproveite para conhecer o seu castelo que remonta aos séculos VII e IX, os Paços do Concelho e do Palácio Ducal e as Igrejas de São Pedro e Santa Maria.

4 – Almeida

Ímpar na defesa do seu país, Almeida é um baluarte de resistência. O ex-líbris da aldeia histórica é a sua fortaleza em estrutura hexagonal. Além do formato muito peculiar, ela conta a história de muitas batalhas: primeiro contra os espanhóis e, mais tarde, protegendo Portugal de Napoleão e da sua sede de conquista. No entanto, não só da sua fortaleza vive Almeida. Entre à descoberta do seu interior muito bem preservado.

5 – Castelo Mendo

Castelo Mendo acena-nos do alto de um monte, rodeada por muralhas com 6 portas medievais. Conta com vestígios da Idade do Bronze e da época Romana e podemos afirmar que percorrer esta aldeia é como viajar no tempo.

Aqui, não deixe de visitar a Igreja de Santa Maria do Castelo, a Igreja de são Vicente, as ruas muito estreitas que facilitavam a defesa dos antigos habitantes e as casas com séculos de história.

6 – Linhares da Beira

Para finalizar a primeira metade da lista, chega-nos mais uma bonita aldeia medieval. Linhares da Beira é carinhosamente apelidada de “museu ao ar livre”. E que museu! O Castelo assoma imponente a 800 metros de altitude, o que faz com que a vista a partir do mesmo seja espetacular. Visite também a Antiga Casa da Câmara e Pelourinho, a Igreja Matriz de Nossa Sr.ª da Assunção a Casa do Judeu, usada em tempos como Judiaria, o Fórum Romano, entre tantos outro locais. Como já dissemos: é efetivamente um museu a visitar!

Agora, com mais tempo para explorar Portugal, experimente fugir dos locais habituais e deixe-se surpreender por sítios nunca vistos. Há espaço e tempo para tudo!

Marcar viagem nas aldeias históricas

 

Artigos relacionados