Portugal Tradicional – conheça as festas mais típicas do país

Top Atlântico / Atualizado a

Portugal é rico em festas tradicionais e romarias. Não faltam opções, sejam elas de cariz religioso, gastronómico ou pagão.

Neste ano tão invulgar, muitas foram as festas que tiveram que ser adiadas. No entanto, quando a normalidade chegar iremos celebrar com vontade redobrada. Como tal, comece já a fazer a sua lista.

O Trio mais animado – Santo António, São João e São Pedro

Ai, o fantástico mês de Junho…época de festa, música popular, marchas, baile, bairros vestidos de gente e, claro, de bifana e sardinha no pão. De Lisboa ao Porto, passando também por cidades como Évora, Sintra ou Póvoa do Varzim, este trio animado garante folia um pouco por todo o país.

São indiscutivelmente as festas mais populares do país e por quem muitos portugueses anseiam o regresso.

Os endiabrados Caretos – Carnaval de Podence

Não há carnaval como o de Podence. Esta festa ancestral – que a população tem conseguido manter ativa durante séculos, mesmo quando a região começou a perder boa parte da população – é parte essencial da identidade da terra. Pela sua importância cultural, o Carnaval de Podence é classificado como Património Imaterial da Humanidade.

Quanto à festa não poderia ser mais curiosa. Durante esta festividade os rapazes (atualmente também raparigas) saem pelas ruas de Podence, mascarados de caretos, brincando com as pessoas que passam e fazendo barulho com os seus chocalhos.

A Colorida e aromática – Festa da Flor

A Festa da Flor atrai milhares de pessoas até ao Funchal. Tudo se deve ao magnífico e imponente colorido que enche as ruas durante quatro dias. É desta forma que, para celebrar a primavera, se organizam cortejos, exposições de flores tropicais e tapetes florais (uma prática comum madeirense).

Uma romaria secular – Feiras Novas

A história das Feiras Novas data de 1826. Esta romaria secular é uma das mais conhecidas de Portugal, atraindo centenas de milhares de visitantes por ano em honra de Nossa Senhora das Dores.

Pela bonita cidade de Ponte de Lima, com a ponte-romana medieval romana sempre por perto, poderá desfrutar de música ao vivo, cantares ao desafio, boa gastronomia e um espetacular fogo de artifício.

Animação a 1100 metros de altitude – Festa de São João da Fraga

É em Pitões das Júnias, uma encantadora freguesia do concelho de Montalegre, incrustada na Serra do Gerês, que se localiza esta festa muito simbólica. Neste dia a população junta-se para fazer a subida até à Capela de São João da Fraga, um percurso magnífico e ingrime, não estivesse localizado a 1100 metros de altitude.

À chegada manda a tradição que se comemore junto a um carvalhal, comendo os lanches lá colocado e dançando ao ritmo das concertinas.

Uma aldeia medieval como nenhuma outra – Feira Medieval de Óbidos

Esta festa é uma autêntica viagem no tempo, mais precisamente até à Idade Média.

Para proporcionar ao visitante uma experiência memorável a Vila de Óbidos veste-se a rigor, chamando diversos atores, malabaristas, manipuladores de fogo. Além do ambiente, poderá ver teatros, torneios a cavalo, combates apeados. No fundo, uma recriação fidedigna de uma aldeia medieval.

Celebrar sempre foi uma boa opção para os portugueses. E ainda bem.
Partilhe com os seus amigos e familiares mais próximos as suas festividades preferidas e comecem já a marcar aqueles planos a que não vão poder faltar.